agressor_monalisaperrone

Eu sou você amanhã.

Thiago de Carvalho Cunha, agressor de Monalisa Perrone

Curtiu o texto? Siga o editor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

One thought on “agressor_monalisaperrone”

  1. Olha, é o seguinte. Podia ter apanhado mais. O que ele fez não é para apoiar nenhuma causa política, mas sim, demonstrar que ainda não cresceu, não passa de um neném mimado, cheio de vontades e criado a Nescau.
    Poderia ter apanhado mais, pra aprender que acima de tudo, o respeito às profissões, às pessoas, é o crucial numa sociedade que impõe o respeito, mas ela mesma não respeita ninguém. Podia ter apanhado mais pra aprender a lutar por um lugar ao sol, e se seu manifesto (se é que pode ser chamado disso) era uma causa política, poderia ter respeito das pessoas, e com certeza, se for um assunto plausível, o apoio delas.
    Podia ter apanhado mais pra aprender, que mídia só piora as coisas, ou seja, o que ele fez não ficou nada bonito para ela. Como disse a nossa grande reporter, Sandra Annenberg, um deselegante. Bom é isso que eu queria falar. Manda esse neném ir fazer gracinha em uma tv bem conhecida dos Estados Unidos, que em menos de 10 minutos ele tá preso, quem sabe até morto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *