Após pedir prazo maior para responder às perguntas da PF, Temer não responde a nenhuma delas

Após pedir prazo maior para responder às perguntas da PF, Temer não responde a nenhuma delas

A Polícia Federal elaborou mais de 80 perguntas para o Presidente Michel Temer, que responde a inquérito instaurado sob determinação do STF. O prazo para resposta era a quarta-feira e, diante disso, foi pedida a prorrogação para esta sexta, devidamente concedida pelo Ministro Edson Fachin.

Eis que hoje, o novo prazo estabelecido, as perguntas não foram respondidas. Em vez disso, foi remetido um arrazoado de 12 páginas.

A especulação é que Temer esperou o TSE, pois, em caso contrário, haveria pressão sobre a Corte. Agora, com a vitória já desenhada no julgamento eleitoral, será menos trabalhoso adiar ao máximo o inquérito no Supremo.