BNDES financia aeroporto em Cuba

A empreiteira Odebrecht conseguiu financiamento junto ao BNDES para levar adiante a modernização do aeroporto de Havana. Leiam a reportagem de Marina Gonçalves em “O Globo”

A empreiteira brasileira Odebrecht está a frente das obras de ampliação do aeroporto, com previsão de duração de 30 meses, e avaliadas em US$ 207 milhões — destes, US$ 150 milhões foram financiados pelo BNDES para o governo de Cuba, na modalidade de crédito à exportação.

Enquanto isso, nas capitais brasileiras que sediaram a Copa do Mundo, metade das obras que deveriam estar prontas para o evento não foram entregues até hoje.

Curtiu o texto? Siga o editor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *