Decreto de Campos beneficiou uma das empresas que comprou jato

Decreto de Campos beneficiou uma das empresas que comprou jato

Do Estadão:

cessna2

Um decreto assinado por Eduardo Campos beneficiou uma das empresas que comprou o jato Cessna usado na campanha do PSB à Presidência da República. Campos ampliou os incentivos fiscais concedidos à Bandeirantes Companhia de Pneus Ltda., retirando limites de importação de pneus à empresa. O jato, que caiu em Santos no início do mês, matando Campos e outras seis pessoas, pertence oficialmente à AF Andrade, que informou à Anac que vendeu a aeronave para um grupo de empresários de Pernambuco. Em nota, o PSB afirma que o avião foi emprestado à campanha de Eduardo Campos e não se manifestou sobre as suspeitas de que o avião foi comprado com Caixa 2.

Deixe um comentário