Depois de acordo, ex-diretor da Petrobras depõe à Polícia Federal

Depois de acordo, ex-diretor da Petrobras depõe à Polícia Federal

Do G1:

paulo-roberto

Valendo-se do processo de delação premiada, Paulo Roberto Costa começou a prestar depoimentos sobre a investigação que gerou a Operação Lava Jato. Costa é acusado de receber propina e se envolver num esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 milhões. O ex-diretor de Refino e Abastecimento está prestando depoimentos todos os dias. A possibilidade de redução de pena e os outros benefícios da delação premiada só serão garantidos se Costa revelar informações detalhadas sobre os crimes cometidos, conexões da quadrilha e os personagens envolvidos.

Deixe um comentário