Mais um feito negativo de Nicolás Maduro: consegue ser mais rejeitado do que Dilma Rousseff

Mais um feito negativo de Nicolás Maduro: consegue ser mais rejeitado do que Dilma Rousseff

Outrora celebrado pela esquerda sul-americana em decorrência de uma alegada popularidade, o bolivarianismo está sendo rejeitado por praticamente 9 em cada 10 venezuelanos. Um levantamento feito pela Hercon Consultores descobriu que 87% da população desaprovam Nicolás Maduro, o projeto de ditador que arruinou o país com o malfadado socialismo do século XXI.

Mais: 83% não possuem qualquer perspectiva de melhora.

A Venezuela foi tomada pela hiperinflação e pelo desabastecimento, duas pragas que o Brasil chegou a experimentar décadas atrás quando colocou em práticas medidas bizarras como o congelamento de preços do governo Sarney.

Por rejeição bem menor, na casa dos 70%, Dilma Rousseff caiu.