Paulo Roberto Costa liga dois ex-diretores da Petrobras a esquema de corrupção

Paulo Roberto Costa liga dois ex-diretores da Petrobras a esquema de corrupção

Da Folha de S.Paulo:

cervero

Paulo Roberto Costa revelou que o esquema de desvios de recursos na Petrobras não era exclusividade de sua área, mas ocorria em outras diretorias da empresa. Segundo apuração da Folha, ele mencionou irregularidades praticadas na diretoria de Serviços e na divisão internacional, entre 2004 e 2012. A diretoria de Serviços e Engenharia foi ocupada, à época, por Renato Duque, indicado pelo PT. Duque era um dos membros do alto escalão da estatal mais próximos da cúpula do PT no governo Luiz Inácio Lula da Silva. A área internacional estava sob responsabilidade de Nestor Cerveró, apoiado por petistas e peemedebistas. Entre as irregularidades já conhecidas que atingem as duas diretorias citadas pelo ex-diretor de Abastecimento, preso em março na Operação Lavo Jato da Polícia Federal, estão a compra da refinaria de Pasadena (EUA) e a construção da refinaria Abreu e Lima (PE).

Deixe um comentário