Protesto contra Temer em site do governo foi feito por dois servidores terceirizados

Protesto contra Temer em site do governo foi feito por dois servidores terceirizados

O site do Ministério da Saúde amanheceu o 27 de setembro com dois discretos protestos na agenda de Ricardo Bastos, titular da pasta. Um dos compromisso citava a renúncia de Michel Temer. No outro, chamava a base do governo de “aliada do golpe”. Teria sido hackers que conseguiram romper a segurança do governo federal? Não. Apenas dois servidores terceirizados que prestavam serviços ao próprio Ministério da Saúde. Em outras palavras, dois petistas que continuavam recebendo dinheiro público mesmo no governo que consideram “golpista”.

A dupla foi identificada e será afastada de suas funções. Ou seja… Menos dois petistas bancados pelo suor do trabalhador brasileiro.

Melhor assim. Mas ainda não é o suficiente. O Implicante sabe que muitos outros casos semelhantes ainda ocorrerão antes de a faxina ser finalizada.