Se Rodrigo Janot conseguir o que pediu, Renan Calheiros terá que se entender com Sérgio Moro

Se Rodrigo Janot conseguir o que pediu, Renan Calheiros terá que se entender com Sérgio Moro

Rodrigo Janot denunciou Renan Calheiros uma segunda vez, agora por crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Mas há mais detalhes que podem interessar à opinião pública. Porque se trata do primeiro de oito inquéritos no âmbito da operação Lava Jato. E o PGR pediu ao STF a “perda das funções públicas” do senador.

Ou seja… Ainda que haja um longo caminho até lá, se o STF aceita a denúncia e julga procedente a acusação, Calheiros perderá o cargo que possui no Congresso. E os outros sete inquéritos serão remetidos aos cuidados de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol.

Na semana passada, Renan se deu bem sobre o STF porque a Suprema Corte entendeu que, em jogo, estava o ajuste fiscal a ser votado na casa presidida pelo peemedebista. Mas o atual mandato dele acaba em fevereiro próximo. Numa próxima, os ministros precisarão inventar outra desculpa se quiserem aliviar-lhe a barra. Ou resolvem reconquistar a opinião pública e fazem justiça.

A próxima temporada promete ser igualmente emocionante.