PT quer que candidatos leiam carta de apoio a Lula; agora eles vão despencar de vez!

Em quase todas as grandes cidades, como seria facilmente previsível, os candidatos petistas estão enfrentando dificuldades. Na capital paulista, por exemplo, Fernando Haddad aparece em quarto nas pesquisas, com chances reais de terminar em quinto.

Dirigentes do PT já até deixaram de falar em “golpe”, porque a tese é tão furada que no fim das contas só mostram vínculo com o partido e acabam se estrepando nas urnas.

Diante de tudo isso, eis que os GÊNIOS do PT resolvem “orientar” seus candidatos nestas eleições para que leiam uma carta de apoio a Lula, em razão da denúncia apresentada na Lava Jato.

Antes de tudo, vale considerar que “orientações” podem ser vistas como quase ordens, a depender do poder de ingerência dos dirigentes mais altos. Deixando de lado essa análise, que retomaremos em outro post ainda hoje, importante salientar o efeito disso nas pesquisas – e, claro, no resultado eleitoral. Já imaginaram? Se já estavam caindo, agora é que despencam de uma vez.

Não é por acaso que já se fala na criação de outras legendas. Os filmes do PT e de Lula (sobretudo) estão pra lá de queimados, num incêndio único e forte – do qual alguns outros correligionários parece que querem fugir a todo custo. E essa nova “orientação” terá como provável efeito a rapidez nesse distanciamento.