Acredite se quiser: presidente da Coreia seria marionete da líder do “Culto das 8 Deusas”

Essa história surgiu como uma espécie de boato e era refutada com gargalhadas sonoras. Afinal, até como roteiro de filme conspiratório isso seria inacreditável. Porém, ao que parece e segundo revela a mídia mundial, é tudo mesmo verdade.

Acompanhem: a Coreia do Sul é hoje governada por Park Geun-hye. Ela é filha do ditador Park Chung-hee, assassinado em 1979, e um dos argumentos para sua eleição foi o fato de que, além de não ter sido criada pelo pai (sobre quem recaíam acusações de corrupção, além do autoritarismo), ela também foi afastada dos irmãos.

Ok, tudo certo. Porém, quem a criou? Aí que a história começa a ficar estranha. Porque, segundo o que agora se descobriu, ela teve como tutor o sr. Choi Tae-min, criador de uma seita pseudo-cristã (na verdade xamanista) denominada Igreja da Vida Eterna (já um líder de seita proeminente e poderoso na época em que o pai de Park era ditador).

E a coisa não foi assim tão simples. Segundo telegramas vazados pelo Wikileaks, a diplomacia norte-americana acreditava que Choi Tae-min controlava MENTE E CORPO da então jovem Park.

Se tudo piora? Claro que piora. A filha de Tae-min, Choi Soon-sil, não seria meramente uma amiga da presidente Park, mas sim estaria continuando o trabalho de influência extrema exercido por seu pai. Isso mesmo, uma chefe de estado seria nada menos que um FANTOCHE daquela que agora lidera seita, que também é chamada de “Culto das 8 Deusas”.

Mas que tipo de influência? Total. Até mesmo discursos eram submetidos à senhorita Choi dias antes de serem proferidos e ela os editaria.

O povo coreano, é claro, está atônito. E tomou as ruas para que a presidente seja deposta. A coisa está tão intensa que talvez ela já tenha caído quando este post for ao ar.

E a gente achando que o Brasil seria campeão nessa coisa de eminência parda controlar o poder com alguém indicado. Que nada! Coreia do Sul venceu nessa modalidade. E uma vitória tão avassaladora que de certa forma dá um pouco de medo.

Culto das “8 Deusas”? Caramba… É raro acontecer, mas desta vez a Coreia do Sul bateu a do Norte em manchetes atípicas.

Enfim, para saber mais, é preciso ler o que vem sendo publicado pela imprensa internacional (sim, quase tudo está em inglês). Selecionamos os links mais importantes:

Ask a Korean: o blog explica detalhadamente e coloca diversos links;

Quartz;

The Washingon Post;

NY Times;

NY Times: com referência ao Wikileaks;

LA Times;

Sydney Morning Herald;

The Telegraph;

NPR.