Pesquisa da FGV: brasileiros confiam mais nas Forças Armadas e menos nos partidos políticos

Em quem os brasileiros confiam mais? A Fundação Getúlio Vargas, por meio de sua Escola de Direito, realizou pesquisa para apurar a confiança nas instituições brasileiras e o resultado pode causar algumas surpresas – ou reiterar certezas e intuições.

As Forças Armadas lideram, com 59% de confiança. Logo depois, a Igreja Católica, com 57%. E então vem a imprensa escrita (37%), o MP (36%) e as grandes empresas (34%).

Para desespero máximo da esquerda, vejam quem está na lanterna: Presidência da República (11%; e, sim, os números têm referência com a gestão passada), Congresso Nacional (10%) e partidos políticos (7%).

A seguir, a lista completa da pesquisa (mas voltamos depois):

gv-confianca-brasileira_2

Para muitos, isso tudo é pra lá de óbvio, mas ainda assim é preciso registrar que, para além da mera ordem de preferência, é preciso olhar aos percentuais em si. A taxa mais alta, das Forças Armadas, é de menos de 60%, e isso já daria conta do tamanho do buraco. Mas temos partidos, Congresso, Presidência da República, enfim, tudo com taxas minúsculas, vergonhosamente exíguas.

Não houve, portanto, um CRESCIMENTO na confiança na Igreja ou no Exército, mas sim uma QUEDA VERTIGINOSA nesse índice quanto aos políticos, curiosamente eleitos pelo povo.

É para pensar, refletir e tentar reverter o quanto antes.