Brasil à beira do abismo, diz presidente de consultoria

dilma_rousseff-preocupada-140614

Segundo a Folha de São Paulo, o analista Ian Bremmer, presidente da Eurasia, diz que o Brasil vive uma “tempestade negativa perfeita” e enumera 5 motivos para o Brasil vevier um momento sombrio. As dificuldades são referentes às denúncias de corrupção, queda da popularidade de Dilma e a seca prolongada.

Diz ele:

“No Brasil, a corrupção endêmica é um lugar comum: pagar propinas é uma prática arraigada entre quem precisa de licenças ou quer angariar favores com os órgãos regulatórios”.

Bremmer cita o aumento das tarifas de luz e transportes, como fatores de risco político  e também fala do baixo crescimento e do aumento da inflação.