Resultado prático da nova maluquice estatal brasileira: a pizza de muçarela ficará mais cara

A coisa começou por meio de uma demanda do PROCON de Fortaleza/CE. Segundo o órgão, seria abusiva a cobrança da “meia pizza” pelo preço da mais cara, diante do disposto no Código de Defesa do Consumidor, segundo o qual é vedado exigir do consumidor vantagem “manifestamente excessiva”.

Com isso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou mensagem informando que a regra vale nacionalmente, pois a lei também tenha abrangência nacional.

Houve quem visse nisso algo positivo, mas a verdade é que se trata de uma excrescência. Simples assim. Afinal, toda – EXATAMENTE TODA VEZ – em que o estado resolve controlar preços o resultado é apenas um: tais preços aumentam. E a explicação é a um só tempo simples e triste.

Funciona assim: as pizzarias, agora, serão obrigadas a cobrar o valor da pizza de dois sabores utilizando uma média ponderada. O que farão para não ter prejuízo? Isso mesmo: aumentarão o preço das pizzas mais baratas, para que o preço final continue o mesmo. Isso, por óbvio, a lei permite. E ainda ganharão uns trocados a mais de quem pedir APENAS a boa e velha muçarela.

Não bastasse a bizarrice de o aparato estatal meter-se no preço da “meia pizza”, o efeito final será naturalmente terrível aos consumidores. Pois agradeçam ao estado por mais essa interferência.

Em votação aberta, Senado decide MANTER a prisão de Delcídio Amaral

Parecia ser o caso de mais uma pizza, mas a coisa foi revertida a tempo. Renan Calheiros (PMDB/AL), Presidente do Senado, em princípio decidiu pelo voto SECRETO, mas deixando ao plenário confirmar ou reformar tal decisão. Em seguida, praticamente todas as bancadas MUDARAM o entendimento, fazendo com que fosse aberta a votação sobre a validade da prisão de Delcídio Amaral (PT/MS), líder do Governo Dilma no Senado.

O PT e Jader Barbalho, por suas vezes, votaram para que fosse mesmo secreto. E perderam.

Em seguida, os senadores votaram o MÉRITO da matéria, e a maioria absoluta votou em favor de MANTER a prisão. Delcídio continua preso, para desespero do PT, do governo e até do Brahma.

Leia mais: Líder do governo no Senado é PRESO pela PF na Lava Jato
Leia mais: Líder do governo no Senado é PRESO pela PF na Lava Jato

A investigação do senador petista continua, bem como a Operação Lava Jato. A decisão de hoje representa uma.