Placar do impeachment no Senado

20160418051926

Como já ressaltamos por aqui, a votação do impeachment na Câmara foi apenas um primeiro passo, uma primeira batalha, mas ainda há muito o que caminhar – ou guerrear – pela frente.

O Senado Federal fará o julgamento de fato, por assim dizer, e a pressão deve ser mantida sobre os parlamentares.

De todo modo, o placar atual é favorável ao afastamento de Dilma Rousseff. Segundo os dados do “Mapa do Impeachment”, elaborado pelo movimento Vem Pra Rua, há 44 senadores a favor, 25 contrários e ainda 12 indecisos.

O número é suficiente para tirar, provisoriamente, Dilma da presidência, já que para isso é necessário obter maioria simples (41 senadores). Mas a votação final exige maioria qualificada, como na Câmara, de modo que é preciso manter o foco e a pressão, especialmente sobre os indecisos.

 

Placar do impeachment atualizado: pressão nos indecisos!

Mapa-do-Impeachment

O Estadão acaba de atualizar o Placar do Impeachment. Por enquanto, são 337 votos a favor, 127 contra, 20 indecisos e 29 que não quiseram responder. O foco da pressão, portanto, deve ser nos dois últimos grupos.

Aliás, é até mesmo espantoso que, a esta altura, deputados NÃO QUEIRAM responder.

Para passar o impeachment de Dilma Rousseff, são necessários 342 votos. Faltam poucos, portanto. É preciso que foquemos nossa pressão sem dar folga (mas, por óbvio, também sem qualquer tipo de violência, ataques ou agressões, tudo sempre dentro da democracia).

Vejam a seguir a lista de indecisos e “não quiseram responder”, conforme o site do Estadão, atualizada agora mesmo:

indecisos

Mas como pressionar? O ótimo Mapa do Impeachment, do Movimento Vem Pra Rua, fornece os canais.

A pressão funciona: confiram a evolução dos votos pró-impeachment entre os deputados

Placar do Impeachment

O jornal O Estado de São Paulo iniciou o “Placar do Impeachment” no dia 05/04, e naquela ocasião havia 234 votos os votos em favor da saída de Dilma Rousseff, 110 contrários, 113 sem resposta e 56 indecisos. Em cima disso, foi – e está sendo – feita uma grande pressão, especialmente em cima do grupo dos que não responderam ou não se decidiram.

Resultado: hoje, 13/04, praticamente uma semana após o lançamento da plataforma, a contagem é outra: 299 votos a favor, 123 contrários, 43 sem resposta e 48 indecisos.

Vale salientar que o “Placar do Impeachment” considera os votos DECLARADOS, ou seja, aquele manifestado de forma aberta pelos parlamentares (outros levantamentos e aplicativos usam as tendências, e aí o placar favorável se torna pior para o governo.

Nosso papel nisso tudo é SEGUIR PRESSIONANDO. E essencialmente sobre os indecisos e aqueles que não declararam seus votos. Por óbvio, uma pressão dentro da lei e das regras da democracia, sem violência ou ataques, mas também sem retroceder nem dar folga.

Falta pouco! Todos devemos continuar pressionando incansavelmente! Porque já está provado que isso dá resultado.