Com a crise, classe C perde seus planos de saúde e volta a sobrecarregar o SUS

A informação veio da a Associação Brasileira de Medicina de Grupo. Segundo nota da coluna Radar, graças à recessão vivida pelos brasileiros, os planos de saúde perderam no primeiro semestre nada menos que 200 mil usuários oriundos da classe C. É a primeira vez que a ABRAMGE mede uma queda do tipo. Com isso, o SUS, que nunca esteve aliviado, deve ficar ainda mais sobrecarregado.

A classe C de volta ao SUS
Leia também | Ainda nos cortes do governo Dilma: em 2016, não mais haverá o Aqui Tem Farmácia Popular