O ditador socialista Fidel Castro usava roupas da Adidas por um motivo bem simples

Embora para alguns seja obviedade, muita gente ainda pergunta o motivo pelo qual Fidel Castro usava roupas da Adidas. Já houve quem especulasse um contrato da marca com o ditador, ou visse nisso uma “contradição” com o socialismo.

Vamos por partes. Em primeiro lugar, claro que isso é um detalhe até meio besta na vida do homem que liderou o regime responsável por centenas de milhares de mortes. Mas vale pela curiosidade.

Enfim, ele usava tal marca porque ela fazia os uniformes da equipe olímpica de Cuba. Simples assim. A companhia, contudo, alega que nunca teve contrato com o próprio Fidel, mas sim com o time de seu país; vínculo expirado em 2012. Olha aí uma camisa antiga do time de futebol cubano:

cuba-futebol-camisa

A “propaganda”, pelo visto, saía de graça. Mas, como não existe almoço grátis, as especulações nunca pararam. Justiça seja feita, ele também usava outras marcas, como Puma, Nike etc.

Aliás, em reportagem falando de tal “mistério”, o jornal O Globo lembrou que a empresa também fazia roupas para os nazistas, tendo sido seu fundador um membro do partido de Hitler.

Passada a trivialidade, que a história se encarregue de marcá-lo como merece e como o que de fato foi: um ditador facínora. Nada menos.