Lava Jato quer analisar as caixas “praia” e “sítio”, guardadas no Sindicato dos Metalúrgicos

Pois é, a coisa continua caminhando. A última foi essa: os investigadores da Operação Lava Jato pediram a Sergio Moro a determinação de análise do conteúdo de duas caixas guardadas na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Os nomes: “praia” e “sítio”.

Nelas, há parte do acervo da Presidência da República, cujos artefatos a rigor pertencem ao povo brasileiro, não a este ou aquele político.

O intrigante aí são mesmo esses nomes. Por que “praia”? Por que “sítio”? Afinal, até onde se sabe, Lula não seria dono do tal sítio nem do tal triplex – ao menos é o que ele diz.

Se isso ainda por cima estiver assinalado nas caixas, de fato é uma grande maldade maliciosa contra nosso ex-presidente.

Mas aí entra outra pergunta: quem escreveu nas caixas? Pois é…

O jeito vai ser mesmo aguardar essa análise. E aí falaremos mais a respeito.