Vídeo: Membro do MBL tenta impedir que Câmara de São Paulo homenageie o ditador Fidel Castro

Vídeo: Membro do MBL tenta impedir que Câmara de São Paulo homenageie o ditador Fidel Castro

A Câmara dos Vereadores de São Paulo estava usando tempo e recursos públicos para homenagear o ditador Fidel Castro, que completou 90 anos no último fim de semana. É um absurdo daqueles que só republiquetas se permitem. Mas os tempos são outros. E esse tipo de coisa não passa mais impunemente. Fernando Holiday, do Movimento Brasil Livre, e candidato a vereador pelo Democratas, achou por bem interromper o ato para chamar o comunista pelo nome que ele merece: assassino.

Não há muita informação até o momento sobre o que aconteceu, pois a transmissão no site da Câmara foi interrompida. Mas as redes sociais do MBL informam que Holiday foi detido pela GCM, a mesma que recebe ordens de Fernando Haddad.

https://www.youtube.com/watch?v=1CHZCVwD_hM&feature=youtu.be&a

O Brasil precisa derrubar o Muro de Berlim. O quanto antes.