Você é contra todas as ditaduras ou somente algumas?

Você é contra todas as ditaduras ou somente algumas?

ditadores

A internet está em polvorosa. COMO PODE ALGUÉM DEFENDER O REGIME MILITAR? Como defendem um regime autoritário? Como diabos enaltecem UMA DITADURA?

Sim, o ponto é importante. Mas a indignação só pode partir de quem não defende NENHUMA ditadura. Todas elas são deploráveis, todas elas são repugnantes, todas elas são vergonhosas. Ponto.

Reclamar de uma e bater palma para outra é coisa de quem não liga para assassinatos, violência, tortura e prisões arbitrárias. Apenas acha ruim quando quem faz isso não é de determinada ideologia.

A seguir, algumas das figuras enaltecidas por boa parte dos esquerdistas brasileiros e com frequência também citados em passeatas, eventos, discursos e demais homenagens – sem a indignação de muitos que agora parecem exaltados.

Vamos lá:

Fidel Castro

Fidel-Castro

Ninguém sabe ao certo o número de mortos em Cuba, mas chega-se à casa dos cem mil. Pelo número de pessoas que habitam/habitavam a ilha, é proporcionalmente um massacre extremo. Ainda assim, Fidel Castro é defendido, enaltecido, elogiado e aplaudido por muitos militantes – e líderes de partido – sem que a esquerda torça o nariz a isso. Ao contrário: relativizam ou mesmo defendem (e tudo aqui vale para seu irmão, Raul, atual ditador de Cuba).

Che Guevara

Che-Guevara

Além de um dos líderes do regime cubano, também era ele próprio um homicida e não propriamente simpatizante da causa gay. Tudo isso vira bobagem para os esquerdistas que o tratam como herói – alguns, que alegam defender determinadas causas, chegam a colocar fantasias imitando esse facínora.

Stálin

Stalin

Alguns falam em 60 milhões de mortos, mas os cálculos mais “ponderados” apontam 20 milhões. Sim, milhões. Foram vários episódios terríveis, como a “Fome Genocídio” (Holodomor). Um stalinista deveria ser tratado como um hitlerista, certo? Não para a esquerda, já que o primeiro tem assento nos debates da causa.

Mao Tsé Tung

Mao-Tse-Tung

Esse é ainda pior, já que foi responsável por 45 milhões de mortos – e esse já é o número “ponderado”. Um absurdo. Sim, ele tem seus defensores ideológicos. Procure por “esquerda maoísta” e descubra você mesmo.

Chávez

Hugo-Chavez

Há vários outros a citar, de Pol Pot a Josip Tito, passando por Ceausescu e tantos outros. Mas fica como última menção Hugo Chávez, caso recente, já na era da documentação farta e dos registros inequívocos. E ele é defendido, aplaudido e enaltecido, mesmo com os mortos da Venezuela, mesmo com as prisões, as agressões, e tudo que lá ocorre.

***

Portanto

O problema de certa militância não é com ditadores ou ditaduras, mas sim com quem mata e tortura sem ser esquerdista. Quando o facínora usa uma bandeirinha vermelha, eles não apenas fazem vista grossa como ainda por cima aplaudem, relativizam e até defendem.